Francis Alÿs: Indispensável

Eu não conhecia Francis Alÿs. Quando me deparei com um de seus vídeos projetados em  uma das paredes do MOMA, em Nova Iorque, senti que não conhecia nada.

Francis Alÿs é um belga que se formou em arquitetura em Tournai, depois em engenharia em Veneza, e depois se mudou para a Cidade do México. No começo dos anos 90, seus vídeos começaram a aparecer.

No vídeo que estava sendo projetado, um gringo alto e magro (o próprio), empurrava um bloco de gelo enorme pela cidade do méxico até ele derreter completamente. No fim, as imagens urbanas davam lugar ao título da obra: Sometimes Making Something Leads to Nothing (1997).

Pronto.

Senti que aquela simplicidade trazia mais riqueza que todo o resto que vira no museu. Passei um bom tempo assistindo aos outros vídeos, um melhor que o outro, e descobrindo mais desse artista que fala tão bem sobre tudo com tão pouco.

Francis Alÿs é indispensável porque discute a arte, o mundo e a sociedade como nenhuma poucas obras complexas conseguem. Suas idéias misturam intenção e frustração. No melhor sentido, o paradoxo que caracteriza todo a nossa era.

Nunca vi ninguém resumir tão bem nossos tempos.

Assista seus trabalhos em seu site oficial:
http://www.francisalys.com/

post: Gustavo McNair

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s