Antropofagia Pernambucana

Chegou um email esses dias da Fernanda indicando um dos maiores artistas brasileiros, pouco divulgado aqui na parte sul do Brasil, Francisco Brennand.

vamos lá.

p-13-cultura-2-francisco-brennand-foto-juan-esteves1

“Quando faço cerâmica, não tenho pátria; minha pátria é o abis-mo pelo qual vou resvalando sem saber o que encontrarei no fundo.” (Francisco Brennad)

Ao visitar Recife é quase impossível não se deparar com o sobrenome Brennand. Parece que em todos os cantos da cidade paira sua sombra, como se Brennand fosse uma espécie de padroeiro da capital pernambucana. Na verdade, Brennand são dois: Ricardo Brennand, criador do Instituto Brennand, onde é possível ver um castelo medieval e armas brancas, e Francisco Brennand, realizador da Oficina Brennand, onde trabalha e expõe suas cerâmicas e pinturas. A relação entre os dois é difícil de ser definida e as explicações dos recifenses variam: para uns, são irmãos, primos, tio e sobrinho, para outros nem sequer são da mesma família. O que se pode afirmar é que, além do sobrenome, ambos compartilham a megalomania, e pode-se dizer que as semelhanças acabam por aí.

Enquanto Ricardo trabalha com a matéria morta, com o passado inerte, Francisco faz um movimento quase oposto. Em uma cerâmica abandonada de seu pai, criou sua oficina e templo. A partir da matéria-prima de seu trabalho, o barro, achou seu tema principal: a criação e origem do mundo. Se Deus criou o homem do barro (à sua imagem e semelhança), Brennand procura recriar todos os mitos criacionistas com a matéria-prima divina, à imagem e semelhança de seu mundo interior. O mito cristão entra em contato com a mitologia grega, no que parece ser um jardim do éden às avessas, onde nada é convencionalmente belo e o pecado original está presente onde quer que se olhe. Em sua obra, o sexo é a força motriz da historia da humanidade, é ele quem move o mundo e provoca ações e reações. Por isso, é constante a presença de formas fálicas e femininas, como as conchas, os ovos e os totens. 

brennad12

Sua obra não é regionalista, como a princípio pode parecer; Brennand parte do universal e, sem perder sua raízes, como bom antropófago, o digere, transformando a história do mundo em seu próprio mito pessoal e acessível.  Suas influências são inúmeras e vão do barroco à psicanálise, do gótico à cultura nordestina.

Brennand tem hoje 81 anos e, em meio a ovos, serpentes e pássaros, é possível vê-lo andando por sua oficina, de chapéu de palha, carregando uma longa barba branca. Continua ativo como sempre, mas deixou a cerâmica um pouco de lado, para retornar à atividade de sua juventude, a pintura, talvez numa tentativa de recriar sua própria historia e criação.

Quem quiser saber mais, pode entrar no site oficial da Oficina, onde é possível encontrar textos escritos pelo artista, além de poder  dar uma olhada em sua oficina-templo e conhecer um pouco mais sobre a vida de um dos maiores e mais completos artistas vivos do Brasil. 

 brennad4

brennand21

post: Fernanda Pessoa


2 Respostas para “Antropofagia Pernambucana

  1. Muito interessante isso, pq a história da serpente e da maçã metaforizada na bíblia carrega uma interpretação ingênua e desvalorizada no senso comum.

    Na verdade, a maçã representa a sabedoria, e o Homem a come representando sua vontade de saber, de inteligência, de investigação.

    Essa vontade, q coloca em cheque a verdade absoluta de Deus, deve ser punida por uma lógica mistica que perde força.

    O sexo como pecado original representa esse confronto das verdades impostas com as vontades puramente essenciais e naturais do Homem.

    Daí, talvez, esta impressão paradoxal que senti ao ver as obras.

    Deve ser sensacional ver isso ao vivo.

  2. quem quiser ver ao vivo, não com o mesmo impacto, é só passar na estação trianon-masp. lá existe um totem do Brennand

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s