Cinema Sim

Sábado passado fui na exposição que está rolando no Itaú Cultural, CINEMA SIM – Narrativas e Projeções, e tive uma boa surpresa. O projeto conta com 18 obras de 11 artistas diferentes, que abordam as ilusões da visualidade e da relação com as experiências cinéticas do início da historia do cinema.

O artista Peter Fischer, por exemplo, trabalha com instalações onde os vídeos são projetados em suportes não convencionais, como vapor ou minúsculos pedaços de vidro que caem de um vasilhame para o outro. Muito bacana visualmente.

Peter Fischer

Outro trabalho bem interessante é do artista Ruben Ramos Balsa, que se utiliza de objetos do dia-a- dia para intervir com imagens, como um homem que sapatea dentro de uma lâmpada, ou um saxofonista que toca dentro de uma gaveta.

Mais algumas dicas são os trabalhos do Julian Rosefeldt, do coreano Yong-Seok Oh e da Rufus Corporation.

 Julian Rosefeldt  Rufus  Yong

Os trabalhos são tentativas bem interessantes, que trazem novos olhares e possibilidades para quem gosta de trabalhar com imagens. O tour demora no máximo uma hora.

Vale a pena conferir, a exposição fica até o dia 21 de dezembro na Paulista, 149 e é gratutita.

 

post: Filipe

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s